Ministro Gen Ex Edson Alves Mey

 
 
297-mey

 

 

 

DADOS BIOGRÁFICOS

Nascimento – Em 20 de outubro de 1929, Rio de Janeiro - RJ.

Filiação – Clarindo Mey e Olga Alves Mey.

Casado com Therezinha da Costa Leite Mey, com quem tem uma filha.

Formação e atividades principais:
Declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria pela Escola Militar de Resende, em 14 de dezembro de 1950.
Em sua vida castrense, realizou os seguintes cursos de pós-graduação: Aperfeiçoamento de Oficiais, em 1959; Altos Estudos Militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, de 1962 a 1964; Altos Estudos, Comando e Estado-Maior das Forças Armadas, na Escola Superior de Guerra, em 1970; Superior de Guerra e Altos Estudos de Política e Estratégia, na Escola Superior de Guerra, em 1986, além de curso civil de Ciências Políticas e Econômicas, na Universidade do Rio de Janeiro.
Como Oficial, exerceu diversos cargos, entre os quais, os de Subalterno e Comandante de Esquadrão, na tropa, no Regimento Escola de Cavalaria, Regimento de Cavalaria de Guardas, e 1º Batalhão de Carros de Combate, o de Instrutor no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de Janeiro, por três anos e na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, por seis anos, o de Subcomandante, Subdiretor de Ensino e Diretor de Pesquisas do Centro de Estudos de Pessoal, por dois anos, o de Adjunto de Assessoramento Superior na 4ª Região Militar e no Estado-Maior do Exército e de Comandante do 9º Regimento de Cavalaria Blindado, em São Gabriel - RS, por dois anos e três meses.
No exterior, desempenhou a comissão de Delegado da Representação Brasileira, membro do Estado-Maior e Chefe do Comitê de Áreas Estratégicas da Junta Interamericana de Defesa, em Washington-DC, Estados Unidos da América, por dois anos.
Como General-de-Brigada, foi Comandante da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, em Santiago - RS, por um ano, Chefe do Estado-Maior do I Exército, no Rio de Janeiro - RJ, por um ano, Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Nordeste, em Recife - PE, por um ano, Subchefe do Exército e Subchefe do Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA).
Como General-de-Divisão, foi 4º Subchefe do Estado-Maior do Exército, por dois anos, Comandante da 1ª Região Militar, no Rio de Janeiro - RJ, por dois anos e Vice-Chefe do Departamento-Geral de Pessoal em Brasília - DF.
Como General-de-Exército, foi Chefe do Departamento-Geral de Pessoal, por um ano e oito meses e Comandante Militar do Leste, no Rio de Janeiro - RJ, por um ano.
Coordenou estudos de alto-nível nas áreas de pessoal e de legislação, participando, também, do III simpósio de Assuntos Estratégicos Argentino-Brasileiros, em Buenos Aires, em 1988.
Como General-de-Divisão e General-de-Exército, proferiu inúmeras palestras e conferências, entre as quais: "Pessoal e Estrutura Organizacional do Exército" e "Política de Pessoal" para o Estado-Maior do Exército e diversas outras Organizações Militares, "Comando Militar do Leste", para a Escola Superior de Guerra, Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e Escola de Guerra Naval, "Operação Rio", para o Alto Comando do Exército.

Condecorações - Ordem do Mérito Militar - Grã-Cruz; Ordem do Rio Branco - Grã Cruz; Ordem do Mérito Naval - Grande Oficial; Ordem do Mérito Aeronáutico - Grande Oficial; Ordem do Mérito das Forças Armadas – Grã-Cruz; Ordem do Mérito Judiciário Militar – Grã-Cruz; Medalha Militar de Ouro com Passador de Platina; Medalha Militar de Platina, como reconhecimento por 50 anos de bons serviços prestados ao Exército; Ordem do Mérito Ministério Público Militar – Alta Distinção; Medalha do Pacificador; Medalha do Mérito Tamandaré; Medalha Marechal Mascarenhas de Moraes; Colar do Mérito Judiciário do Estado do Rio de Janeiro; Medalha Especial da Junta Interamericana de Defesa (estrangeira) e as Medalhas Comemorativas honoríficas, do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, do Centenário do Corpo de Bombeiros do Estado de Pernambuco e da Polícia Militar do Rio de Janeiro;

Atividades no STM - Nomeado Ministro do Superior Tribunal Militar, por decreto de 16 de março de 1995, tomou posse em 30 do mesmo mês e ano. Em 04 de março de 1998 tomou posse no cargo de Presidente para completar o biênio 1997/1999, em virtude da aposentadoria do General-de-Exército Antônio Joaquim Soares Moreira. Presidiu a cerimônia de reabertura das atividades das Auditorias da 2ª Circunscrição Judiciária Militar, em sua nova sede, na Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, 1.249 – Bela Vista, São Paulo – SP.
Conduziu o programa comemorativo do 190º aniversário da Justiça Militar da União, constando de Solenidade do Aniversário do Superior Tribunal Militar, com entrega de comendas da Ordem do Mérito Judiciário Militar em 1º de abril de 1998; difusão da imprescindibilidade da existência da Justiça Militar da União realizada por meio: ciclo de palestra a cargo de Ministros, ciclos de palestras a cargo de Juízes-Auditores, em todo território nacional, para Oficiais das Forças Armadas e para Acadêmicos de Direito e Concurso de Monografias, em âmbito nacional, para Acadêmicos de Direito, com distribuição de prêmios e de Diplomatas de participação; confecção e distribuição de medalhões, agendas, carimbos e inteiros postais comemorativos; encontro de Magistrados da Justiça Especializada para a abordagem e a discussão de temas relevantes; inauguração de placa alusiva ao evento e edição de número especial de revista.

Comissões - Estudos das Necessidades da 1ª Instância da Justiça Militar – Relator; Jurisprudência e Direito Penal Militar.

Aposentado, a partir de 21 de outubro de 1999, conforme decreto de 25, publicado no Diário Oficial, Seção 2, de 26, tudo do mesmo mês e ano.


REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR. Diretoria de Documentação e Divulgação (Org.). Coletânea de Informações: Edson Alves Mey. Brasília: DIDOC, Museu, 2007.

Última modificação em Segunda, 09 Março 2015 13:47
Mais nesta categoria